Buscar
  • Studio 3R

Revista EAC - Tudo pronto para a temporada 2021 da Copa Truck

Tudo pronto para a temporada 2021 da Copa Truck


Testes de equalização em Interlagos contou com a presença de caminhões de três marcas diferentes e da CBA, com foco na diminuição de potência e de emissão de fumaça



A quinta temporada da Copa Truck 2021 já deu a largada. Restando poucos dias para o início da competição, a Mais Brasil Esportes, organizadora do campeonato, informa que as sete etapas estão distribuídas em oito meses, começando no dia 11 de abril e encerrando em 5 de dezembro, e recebendo as rodadas duplas programadas.


As provas se concentrarão em Curitiba - que receberá os eventos de abertura e encerramento do campeonato -, Goiânia (GO), Interlagos (SP), Cascavel (PR) e Tarumã (RS). A novidade é o novo Autódromo Potenza, em Juiz de Fora (MG). Por outro lado, o Nordeste não aderiu ao calendário, pois não confirmou a homologação das obras necessárias dos autódromos junto à Confederação Brasileira de Automobilismo - CBA.


Com isso, esclarece os organizadores, a Copa Truck terá de aguardar um pouco mais para correr novamente no Nordeste, “um desejo antigo, mas que dependente dessas homologações”. A categoria manteve Interlagos na tradicional data do meio do ano e escolheu Curitiba para abrir e encerrar a temporada pela história que ela tem junto da categoria.


Devido à pandemia de Covid-19 que assola o mundo, a categoria está conversando constantemente com as autoridades e prefeituras das praças para que, juntos, consigam realizar as etapas nas datas previstas, além de torcer para que toda essa situação seja resolvida e que a vacina permita voltar a receber o público e a imprensa novamente. Enquanto isso não acontece, garantem os organizados, todos os protocolos necessários de segurança serão seguidos.


Testes técnicos em Interlagos



Os primeiros testes técnicos no Autódromo de Interlagos contaram com a presença de caminhões de três marcas diferentes. Participaram do treino as equipes: AM Motorsport, representando a Mercedes; R9, pela Volkswagen, e Usual Racing, pela Iveco. Wellington Cirino, Paulo Salustiano, Djalma Pivetta e Felipe Giaffone estiveram entre os que conduziram as atividades na pista.


Os três times avaliaram simultaneamente alguns itens importantes, entre eles um novo sensor eletrônico de detecção de fumaça, além de restritores de potência e de pressão do turbo. A sessão - ocorrida no início do mês de março -, durou todo o dia e contou com a presença de um comissário técnico da Confederação Brasileira de Automobilismo - CBA, que acompanhou todo o movimento, visando validar o sistema para a nova temporada.


"Venho trabalhando intensamente com um caminhão de cada marca no dinamômetro de rolo, fazendo uma série de testes e avaliações, e precisávamos validar esses números na pista - principalmente esse sensor de fumaça, conectado a um datalogger separado do esquema da gestão eletrônica dos caminhões - e ficamos felizes com o resultado", diz Carlos Col, CEO da Mais Brasil Esportes.



Na ocasião, Col explicou que “ainda falta evolução, testes de pista, o ajuste fino de tudo isso, mas estamos em um bom caminho para zerar a fumaça. Isso também faz com que a potência caia, a vida útil dos motores aumente e os custos baixem, dando chance a nós, da organização, de fazer uma avaliação geral de performance e do nível de competição de todas as marcas".


Os pilotos que participaram da sessão também avaliaram os resultados. Felipe Giaffone afirma que “usamos restritores para testar performance, válvula de alívio para pressão do turbo e colhemos muitos dados em relação à fumaça. Eu achei muito produtivo, pois as três marcas que testaram hoje não fizeram fumaça, então acho que a categoria acertou ao colocar um sensor nos caminhões”.


Carlos Col, CEO da Mais Brasil Esportes completou:


"É claro que a organização respeita e valoriza a competência e o trabalho de engenharia das equipes e das fábricas e estamos em uma competição de caminhões. Porém, o trabalho da organização tem três objetivos: reduzir substancialmente a fumaça, reduzir custos durante uma temporada e ter um melhor equilibrio e competição para entregar aos fãs da categoria do Brasil e do mundo com as transmissões pela internet".

A Copa Truck tem o patrocínio de Mercedes-Benz,Iveco e Maxon Oil, com apoio de Frum e Brazul.



Confira o calendário:

Etapa 1 - 11/04 - Curitiba (PR)

Etapa 2 - 23/05 - Goiania (GO)

Etapa 3 - 27/06 - Interlagos (SP)

Etapa 4 - 18/07 - Cascavel (PR)

Etapa 5 - 15/08 - Tarumã (RS)

Etapa 6 - 03/10 - Potenza (MG)/Alternativa

Etapa 7 - 05/12 - Curitiba (PR)


Fonte: Revista Eu Amo Caminhoneiro

5 visualizações0 comentário